whatsapp x

WhatsApp Number

5579991916274

Message

19 de outubro de 2015, 15:56

Sergipeprevidência recebe direção da Cut e Sintese


show_img.php

Nesta quarta-feira, 30, o Sergipeprevidência recebeu em sua sede a direção executiva e o pleno da direção do Sintese e CUT Sergipe, para tratar de assuntos relativos ao plano de previdência dos servidores públicos do Estado. Também na pauta, foram levantadas questões relativas à folha de pagamento e ao parcelamento dos benefícios dos aposentados e pensionistas.

Durante a conversa, o diretor-presidente do Instituto, Augusto Fábio, esclareceu dúvidas e ouviu reivindicações dos sindicalistas, que buscavam informações sobre o erário público e explicações para a atual situação da Previdência estadual. Augusto Fábio destacou os esforços realizados desde 2007 são para que o Governo do Estado solucione problemas e não para maquiar a escassez de recursos herdada de administrações passadas. Para o diretor-presidente, é importante que se entenda que o déficit previdenciário, além de não ser exclusividade de Sergipe, é também um problema que está sendo resolvido, já que antes tudo era realizado a partir do pensamento de políticas de Governo e não de Estado.

Parcelamento de salários e aposentadorias

Diante da sugestão de Roberto Silva dos Santos, diretor da Base Estadual do Sintese e da direção da CUT/SE, para o aumento do aporte e da contribuição do Governo para os servidores da ativa, Augusto Fábio salientou que essa atitude pode ser prejudicial neste momento em que a Previdência apresenta um considerável déficit. “Cada vez que há um aumento para um lado, há a redução da capacidade para honrar a concessão dos benefícios. Se aumentar a verba que sai do Tesouro, fica menos verba para pagar os aposentados”. Também foi mencionado que os aposentados e pensionistas filiados ao Funprev fossem pagos na integralidade, em decorrência dos fundos serem capitalizados.

O diretor-presidente ainda falou das alternativas que vem sendo estudadas e criadas, junto ao Ministério da Previdência, para a modernização da gestão e capitalização de recursos, a exemplo da Prova de Vida, da implantação do Núcleo de Precatórios e desenvolvimento de parcerias para a implementação de ações voltadas para a avaliação e venda dos imóveis rurais e urbanos pertencentes ao Estado de Sergipe, que serão vendidos por meio de leilão e terão seus fundos repassados para o Fundo Previdenciário de Sergipe (Finaprev).

Força Tarefa

Por parte do Sergipeprevidência, foi solicitado ao Sintese e CUT Sergipe que encampasse a reivindicação do órgão, junto ao Governo Federal, para que os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) sejam usados também no pagamento das aposentadorias, uma vez que o piso tem um valor significativo na conta do Regime de Previdência Própria e vem apenas para pagar os servidores da ativa.

Solicitação

No ato foi entregue, por parte do Sintese e CUT/SE, um ofício solicitando a folha de pagamento de setembro de 2015, solicitação a relação de servidores, aposentados e pensionistas de cada poder e seus respectivos vencimentos.

Em contrapartida, o Sergipeprevidência solicitou ao Sindicato e à Central Única dos Trabalhadores de Sergipe que apresentasse uma lista dos servidores com requerimento de aposentadoria com mais de 45 dias de atraso, para que a Instituição possa avaliar os casos da maneira mais rápida possível e solucionar a questão.