whatsapp x

WhatsApp Number

5579991916274

Message

4 de fevereiro de 2020, 14:08

Censo previdenciário realiza atendimento domiciliar


Serviço é oferecido para que os segurados, impossibilitados de ir presencialmente ao SergipePrevidência, não tenham seu benefício bloqueado

Visando dar assistência aos segurados que por algum motivo, principalmente relacionados a saúde, não podem comparecer presencialmente ao Censo Previdenciário, o SergipePrevidência oferece o atendimento domiciliar. O recenseamento que já passou por alguns órgãos e agora está sendo realizado apenas na sede do SergipePrevidência, localizada no Palácio Serigy, também conta com a ação domiciliar, para que nenhum segurado fique desassistido.

A previsão de término das visitas é no final de março de 2020, quando encerra o Censo. O objetivo da ação é atualizar a base de dados do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado de Sergipe, para que a administração estadual tenha informações atualizadas com relação à situação cadastral, funcional e financeira dos servidores.

De acordo com o coordenador do projeto, Vítor Messias, as equipes designadas atuam nos atendimentos domiciliares, exclusivamente, mediante agendamento prévio, feito pelo site do Sergipeprevidência, para assim, garantir que todos sejam contemplados e atendidos em suas residências. O atendimento domiciliar iniciou em meados do mês de janeiro e as visitas serão realizadas em 40 bairros na capital e Grande Aracaju, além de algumas cidades do interior.

“Duas equipes são designadas para o processo nas residências, que realizam até 15 atendimentos por dia. Creio que esse meio facilita a vida do segurado, pois muitos deles não têm condições de se dirigir à sede do SergipePrevidência para realizar o recadastramento, seja pela idade ou algum problema de saúde, então essa função que a gente desempenha aqui ajuda muito no dia a dia deles. A equipe é cuidadosamente orientada afinal, os segurados estão nos recebendo na casa deles”, explica o coordenador do polo de atendimento domiciliar, Marcus Vinícius.

Aprovação

Maria da Conceição é a filha da pensionista Maria Helena Gama Menezes, de 86 anos, e recebeu a equipe em sua residência. Ela ressalta que essa foi a primeira vez que recepcionou a equipe, e achou o ato bastante válido, visto que as condições de sua mãe não permitem o deslocamento para que seja feito o recadastramento do censo. 

Para Laudelisa Silva, filha da pensionista Maria Luiza da Silva, de 79 anos, o atendimento domiciliar é mais que um reconhecimento do estado para com os idosos e suas limitações. Esta comodidade é muito útil, tanto para o idoso e também para a família, pois muitas vezes a locomoção é difícil, a espera é angustiante, às vezes até passando por situações constrangedoras. Então é louvável esta ação, que é mais cômoda para minha mãe que sofre de mal de Parkinson e tem bronquiectasia”, relata. 

Agendamento

Para agendar o atendimento domiciliar  o responsável ou parente do segurado deve ir ao Sergipe Previdência com o CPF do aposentado ou pensionista e agendar. Além disso, é possível fazer o agendamento também pelo site do SergipePrevidência, que possui um campo com a identificação do Censo, e preencher o formulário. É necessário salvar o formulário para que os dados fiquem salvos e a equipe possa entrar em contato. Vale frisar que durante a visita são registradas fotos dos segurados e dos documentos originais, além coleta de biometria.