whatsapp x

WhatsApp Number

5579991916274

Message

3 de setembro de 2009, 01:00

Curso de Gestão Previdenciária chega com êxito ao 3º módulo


Com o objetivo de contribuir com a atualização profissional de servidores estaduais envolvidos em atividades e processos do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), o Sergipeprevidência está promovendo desde o dia 13 de agosto, no Celi Praia Hotel, um Curso de Extensão em Gestão Previdenciária. Inicialmente previsto para acontecer em 10 módulos, com uma carga horária total de 184 horas, o Curso chega ao 3º módulo com bastante êxito entre os participantes.

O sucesso da iniciativa pode ser comprovado a partir da análise dos indicativos de satisfação pesquisados entre os alunos após o término de cada módulo. “Sempre que encerramos a discussão de um tema, distribuímos fichas de avaliação para todos os participantes com o objetivo de mensurar o grau de satisfação com o curso. O resultado tem sido surpreendente. Em uma escala de 0 a 10, a média tem girado acima dos 9 pontos, demonstrando que os alunos se sentem muito satisfeitos com a iniciativa”, aponta o sócio da Escola de Formação Previdenciária (EFP Conhecimento), professor Edevaldo Fernandes.

O diretor presidente do Sergipeprevidência, Amito Brito Filho, destaca que área de previdência do servidor público tem passado por diversas modificações nos últimos anos. “Daí a necessidade de se criar mecanismos que façam frente aos novos desafios que se impõem. Entendemos que uma das alternativas é justamente investir em recursos humanos”, afirma.

Além de 24 servidores lotados no Sergipeprevidência, o curso contempla ainda, gratuitamente, outros 16 servidores de 9 instituições diferentes, a exemplo da Procuradoria Geral do Estado, Tribunal de Contas, Ministério Público e Assembléia Legislativa.

Para a procuradora Tatiana Passos Arruda, o curso é uma oportunidade de conhecer outros aspectos do RPPS que sua formação acadêmica em direito não permitiu.  “O mais relevante foi conseguir reunir em torno de quarenta pessoas interessadas em conhecer mais sua própria previdência, como melhor administrá-la, qual a importância de se ter um regime equilibrado e com dados reais de seus beneficiários. Está de parabéns o Sergipeprevidência pela iniciativa e pelo exemplo de qualificação em massa de seus próprios servidores”, congratula.

Segundo o gestor governamental e um dos coordenadores do curso, Ricardo Marinho, a previdência só tem a ganhar com a capacitação de profissionais. “É imprescindível qualificar nosso capital humano, sejam aqueles que atuam estrategicamente ou os que estão na linha de frente dos processos previdenciários. É preciso manter os servidores atualizados para que haja qualidade nas informações e nos serviços prestados”, acrescenta.

Teoria e prática

Dividido em dez módulos e ministrado pela EFP Conhecimento, o curso combina vivência, didática e experimentação, dinamizando o acesso ao conhecimento e possibilitando aos participantes uma visão crítica frente às questões previdenciárias. “Esperamos contribuir para a formação de uma nova geração de gestores, aptos a empreender em defesa do RPPS, provendo tranqüilidade e maior segurança aos servidores e às autoridades públicas”, explica Edevaldo Fernandes.

Até o momento já foram ministrados os seguintes módulos: Introdução e Modelagem de Planos Previdenciários; Legislação Previdenciária Aplicada aos RPPS’s; e por fim, Finanças e Investimentos Previdenciários. O conteúdo do último módulo, por exemplo, superou as expectativas até mesmo de quem já está acostumado a lidar com mercado financeiro, como é o caso do gerente de investimentos do Sergipeprevidência, José Carlos Nascimento.

Para ele, o curso tem servido de nova fonte de conhecimento específico sobre o RPPS. “Por ser um tema relativamente restrito e novo, este treinamento vem preencher uma lacuna de conhecimentos específicos necessários ao bom desempenho das nossas atividades funcionais. Com relação à minha área propriamente dita o ganho foi imenso, uma vez que tive a oportunidade de absorver novos conhecimentos que podem ser colocados em prática de imediato”, avalia.

O 4º módulo, de Concessão e Práticas de Perícia Médica, será ministrado nos dias 10 e 11 de setembro.