whatsapp x

WhatsApp Number

5579991916274

Message

12 de julho de 2017, 10:54

Diretor-presidente do Sergipeprevidência participa de encontro de economia na UFS


 

O diretor-presidente do Sergipeprevidencia, José Roberto de Lima, participou na tarde de ontem, 11, do 2º Encontro de Economia Aplicada de Sergipe. O evento acontece de 10 a 12 de julho, no auditório da reitoria da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e reúne pesquisadores, professores, alunos de pós-graduação e agentes públicos para discutir situações como: desenvolvimento econômico, desigualdade regional, educação, inovação, meio-ambiente, entre outros temas, com o objetivo de desenvolver estratégias de combate a crise.

José Roberto de Lima explanou sobre a crise na previdência e os limites ao desenvolvimento em Sergipe, esclarecendo dúvidas e trazendo informações sobre o sistema previdenciário estadual. “A discussão da previdência não é exclusiva de questões previdenciárias, pois incide também nas possibilidades que o Estado tem ou não de realizar políticas públicas para o seu desenvolvimento, já que a previdência acaba sendo o principal ônus que o Estado tem que arcar em relação as suas finanças”, explicou.

Segundo o diretor-presidente, O Departamento de Economia da UFS já tem maturidade e qualidade suficiente para realizar debates de alto nível como os que estão acontecendo durante o evento. “O encontro apresenta realmente isso, principalmente pelo nível dos palestrantes e dos trabalhos apresentados, o que reflete o patamar da qualidade do departamento”, ressaltou.

De acordo com o coordenador do Encontro e professor de economia da UFS, Luis Carlos de Santana Ribeiro, as palestras apresentadas foram muito proveitosas para os acadêmicos e professores. “Situação de crise é um prato cheio para os professores de economia dar aula, pois facilita muito trazer exemplos práticos para a sala de aula, para explicar, por exemplo, as políticas econômicas. Muitas vezes o cursos de economia é muito teórico, tendo um grau de abstração muito grande, ficando difícil para o aluno entender certos pontos que são discutidos em sala. Na medida em que se tem crise, é possível fazer um paralelo muito grande com a situação real do Brasil”, destacou o professor.

Participaram também da mesa de debates o superintendente do Banco do Nordeste em Sergipe, Saumíneo Nascimento, e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Turismo de Aracaju, Jorge Santana, que trouxeram números atualizados sobre a economia no Estado de Sergipe em seus diversos setores.