whatsapp x

WhatsApp Number

5579991916274

Message

20 de julho de 2015, 17:00

Solução para o défict da Previdência é amplamente debatida no IV Encontro dos Governadores do NE


Aconteceu na última sexta-feira (17), o IV Encontro de Governadores do Nordeste, em Teresina(PI). Na pauta da reunião, o assunto de maior destaque foi relacionado à Previdência Social.

De acordo com o governador em exercício, Belivaldo Chagas, há uma preocupação muito grande em relação ao déficit crescente na área, sendo o esforço principal as soluções de curto e longo prazo, para que sejam encontradas saídas para a realização de investimentos fundamentais para o desenvolvimento dos Estados do Nordeste. “Se nada for feito, as administrações públicas estaduais, com raras exceções, ficarão inviabilizadas em muito pouco tempo”, enfatizou. Atualmente, o déficit financeiro previdenciário é considerado o maior problema nas finanças públicas, trazendo sérias consequências para o Tesouro, determinando que uma redução significativa da capacidade de investimento.

Hoje, Sergipe possui 28.160 aposentados e pensionistas, o que representa 1,28% da população e equivale ao consumo de quase 11% da receita corrente líquida dos cofres estaduais para a quitação do déficit previdenciário. Devido ao desequilíbrio na área, no primeiro quadrimestre de deste ano, houve a necessidade de um aporte para complementar a folha de pagamento dos beneficiários no valor de R$ 68 milhões por mês. A estimativa para 2015 é de quase R$ 950 milhões, o que vai gerar um impacto de 11,01% no total do orçamento.

Para o diretor-presidente do Sergipeprevidência, Augusto Fábio, o Governo estadual e o Instituto têm enfrentado a questão com profissionalismo, transparência e planejamento. “O Encontro é a prova de que a situação não é unicamente nossa e sim de toda a região Nordeste. O nosso trabalho será o de criar novas políticas, junto ao Governo Federal, para gerar equilíbrio e novas receitas”, concluiu.


*
Com informações da ASN